DRA MÔNICA SALVATICO

Venha nos fazer uma visita!
Conte conosco!

 Seja bem vindo!

Ansiedade, pânico, depressão e transtornos:

Ansiedade, pânico, depressão e transtornos podem e devem ser tratados. Existe uma saída!

Trabalhando para resolver conflitos internos:

Auto conhecimento, reconhecimento dos seus defeitos e qualidades, trabalhando para evolução do ser.

Relacionamento afetivo: familiar e casal.

Relacionamento afetivo, diferenças e afinidades, tudo pode ser utilizado em favor da harmonia.

Adaptação profissional à novos cargos:

Adaptação à situações de trabalho, assumindo novas responsabilidades e desafios, gestão de pessoas.

Qual a sua idéia sobre Psicologia?

Você sabe como é uma Sessão de Psicoterapia? Vou te explicar, de uma maneira muito simples. A Psicologia é o estudo da “Alma”. Sem se referir a religião e crenças, porém respeitando cada uma delas, essa alma é o seu ser, que pensa, que sente, que vibra, que vive. Se precisamos cuidar do nosso corpo físico, precisamos igualmente, cuidar das nossas emoções, podemos dizer, do nosso corpo emocional. O ser humano, com receio do novo, de se expor a um Psicólogo, ou até mesmo de se ver, demora para decidir procurar este profissional. Vamos esclarecer: existem muitas linhas de trabalho, assim como a atuação específica de cada profissional. Daí a importância de você se identificar com o Psicólogo, logo no início dos atendimentos. Esse tratamento não é para ser um sofrimento, onde você não se sente bem ao lado do profissional. Sentir-se a vontade é muito importante para o cliente falar sobre assuntos delicados, que já trazem em si uma carga negativa muito grande. E não sair da sessão com aquela sensação de que falou o tempo todo sozinho e sai sem um acolhimento ou orientação. Esta é minha forma de atendimento.

Psicóloga Mônica Salvático Formação em psicologia, pela UNIVERSIDADE SÃO MARCOS EM 1997. Atuando na área clínica - consultório, desde então. Sou reconhecida por trabalhos voltados para área de Dinâmica Familiar; Desenvolvimento Profissional; Área da Psicopatologia. Cursos realizados no Instituto Sedes Sapientiae - SP.


O que leva uma pessoa a buscar esse tratamento?

Pode-se pensar que esse tipo de tratamento é apenas para pessoas que estão muito debilitadas emocionalmente. Atendo pessoas que sentem a necessidade de se conhecer melhor, de entender a razão de determinado comportamento ou atitude se repetir. Uma mudança no trabalho também exige adaptação, podendo o mesmo realizar tarefas de comando de pessoas. E quanto aos relacionamentos afetivos? Como é possível compreender melhor a si mesmo e ao outro? Traumas de infância; problemas familiares; assuntos proibidos de falar em família; aquela sensação de impotência em relação a perdoar o passado, perdoar pessoas e até a si mesmo, para viver plenamente o presente. Também existem as conseqüências mais graves de tudo o que os ser humano vive: são a depressão, ansiedade e pânico, transtornos e outros. Cada situação tratada de uma maneira específica. Cada sessão é única. O conhecimento é algo que você adquire e não tem como devolver. Faz parte de quem adquire. Portanto, acredito ter esclarecido à você, sobre o tema e me coloco à disposição para marcar sua consulta e começarmos um trabalho juntos. Obrigada pela sua atenção.





Digite sua senha!





Olá, amigos!

Hoje, quero abordar um tema para reflexão. Quais recursos internos temos para utilizar a nosso favor? O que temos para hoje? O ser humano tem o hábito de reclamar sobre tudo. Desta maneira, não está vendo as situações que tem a seu favor. Será que tudo está terrível? E, em casos extremos, alguns até pensam: “Será que a morte é a única solução? ”. Essa pessoa juntou todos os pontos que considera negativos em sua vida e não sabe como modificar seus pensamentos. Vamos por partes. Quando a pessoa está totalmente envolvida pela emoção, não consegue obter um pensamento de acordo com a realidade. E diz a si mesma: “não consigo mudar isso”. E eu vou perguntar: Como assim? Quem comanda você? Use essa situação como um desafio que você vai enfrentar e resolver. Não é fácil, mas é possível. Para começar, se você estiver nessa situação, não haja por impulso. Pare na hora, volte para sua consciência. Pense no que você está fazendo neste momento. Volte para você.

Não permita ser influenciado pelos fatores externos. Quebre aquela sequência de pensamentos negativos. O que você tem para hoje? Veja quais são seus pontos positivos. Você não tem? Tem sim! Você pensa, você tem noção de limites, portanto não vai extrapolar as regras da vida, não vai se violentar, fazendo algo que vai demonstrar aos outros que é soberana. Pois bem, você está ressurgindo! Processo de individuação, conforme Carl Gustav Jung. Você é um indivíduo único, percebendo, descobrindo e assumindo suas idéias, agora conscientes. Um mundo novo, novas pessoas e novas oportunidades surgirão. A mudança já começou, e foi de dentro para fora. Você modificou algo, que está de acordo com seu Self (Carl Rogers), de acordo com seus valores, com seu mundo. Você precisa saber que “Você” pode fazer diferente! Você pode agir humanamente. Você pode ser muito melhor.

Muitas vezes na correria do dia a dia, não nos damos conta que fazemos tudo no automático e, que, às vezes, esse automático requer manutenção. Dei-me conta disso em 2011, quando com uma viagem marcada, por pânico, desisti. Vale ressaltar que já havia viajado várias vezes, para outros países e sozinha. Não conseguia entender tal pânico. Após algumas sessões, percebi que não era o medo em si que me dominava, mas sim, por achar que eu não tinha merecimento. Por estar no automático, não nos damos conta de nossos pensamentos e eles nos dominam. Sozinha, não conseguiria entender o porquê de muitos medos e traumas. Graças às sessões de terapia, hoje, consigo viajar, com medo, mas vou. A terapia não ficou só nisso, desenvolvi um laço de cumplicidade e confiança com a Mônica. Trabalhamos questões de superação profissional, com todos os seus percalços. Vencemos o medo do desconhecido e, agora, conversamos sobre o meu mais novo projeto: ser mãe – hoje entendo que posso ser mãe de sangue ou do coração. A terapia me abriu os olhos para muitas coisas. Coisas que pensamos não ter solução, coisas que criamos... Meu puro e sincero agradecimento a essa terapeuta maravilhosa, que fala o que muitas vezes dói ouvir, porém é necessário para o nosso crescimento como SER HUMANO, falível, comedido, sincero, medroso, impulsivo...

C.M.C



Nosso contato

Entre em Contato

ESTACIONAMENTO PARTICULAR NO LOCAL